Made in Brasil

Volks do Brasil duplica exportações de ônibus no primeiro semestre

As vendas internacionais dos chassis Volkswagen feitos no país ganharam força nos primeiros seis meses de 2022

acessibilidade:
Volksbus de exportação.
Volks do Brasil duplica exportações de ônibus no primeiro semestre. Foto: VWCO.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) do Brasil duplicou, no primeiro semestre do ano, as vendas internacionais de chassis feitos no país. De janeiro a junho a marca exportou 758 unidades, o dobro em relação ao mesmo período de 2021. 

Nos seis primeiros meses do ano passado, a montadora vendeu 378 chassis para fora. Segundo a VWCO, parte do crescimento se deve a licitações internacionais e ao sucesso de modelos desenvolvidos sob medida para esses mercados.

Principal destino no exterior, o México comercializa com exclusividade o Volksbus 14.190, chassi criado especialmente para atender às demandas de transporte de passageiros do país, com a posição do condutor reposicionada. Conhecido no país como Huracán, o modelo é o mais vendido da VW no México e corresponde a quase um terço das negociações internacionais da marca neste primeiro semestre.

Os ônibus Volkswagen também tem Angola como um de seus maiores mercados, sendo o principal na África. Recentemente, o país atingiu o marco de 1.500 Volksbus para o programa angolano de reestruturação da mobilidade urbana do país, buscando a melhoria do transporte para toda população.

Na mesma linha de grandes licitações, a capital colombiana também ajudou a movimentar os resultados da marca no último ano, com o fornecimento de 167 Volksbus 11.180 para o sistema Transmilenio, o maior organismo de transporte público do país. Os veículos já contam com tecnologia Euro 6, com calibração específica para a altitude de Bogotá e as condições locais de operação.

Reportar Erro