Desigualdade

Do hotel de R$95.000 a diária, Lula libera aumento do salário mínimo em 18 reais

Valor da diária do hotel de Lula equivale a 5.277 vezes os 18 reais

acessibilidade:
Carteira de Trabalho - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Enquanto desfruta da das instalações luxuosas do hotel em que se hospeda em Londres, ocupando a suíte real com diária de R$95 mil, o presidente Lula fez publicar no Diário Oficial da União o projeto de lei aumento em 18 reais o valor do salário mínimo.

Cada pernoite com café da manhã de Lua em Londres equivale a  5.277 vezes os 18 reais do aumento do salário mínimo. A numerosa comitiva brasileira ocupa 100 suítes e todo o 7º andar do hotel.

O texto ainda não foi divulgado na íntegra, mas o governo divulga que o “aumento” é acima da inflação, o que deve se repetir todos os anos.

“Como anunciei no 1° de maio, enviamos hoje ao Congresso Nacional o Projeto de Lei que estabelece diretrizes para valorização do salário mínimo a partir de 2024, garantindo aumento real que acompanha a taxa de crescimento do PIB. Os trabalhadores voltarão a ter reconhecimento e valorização do governo brasileiro”, disse o presidente em sua conta no Twitter.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o projeto prevê um cálculo de reajuste do salário mínimo que leva em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).

O projeto de lei enviado ao Congresso segue os moldes do reajuste que foi adotado entre 2007 e 2019. Essa política não foi renovada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro. Sendo assim, nos últimos anos, o reajuste foi negociado ano a ano.

Caso o projeto de lei seja aprovado, o novo cálculo deve entrar em vigor a partir de 2024.

Reportar Erro