Mais Lidas

calendário travado

Rio suspende vacinação pediátrica devido escassez de doses

Capital fluminense espera receber 100 mil doses já nesta quinta-feira (3)

acessibilidade:
Vacinação infantil ocorre com doses da vacina Pfizer e CoronaVac. Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

A cidade do Rio de Janeiro suspendeu a vacinação de crianças de 5 a 11 anos sem comorbidades em razão à escassez de doses contra a Covid-19 na capital carioca.

O secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou que a expectativa é de receber cem mil doses do imunizante pediátrico na quinta-feira (3). Com a chegada das novas doses, o calendário de vacinação será retomado no dia seguinte, sexta-feira (4).

A imunização continua para a aplicação de primeira dose para crianças acima de 5 anos com deficiência e/ou comorbidades; segunda dose para todos os públicos-alvo; dose de reforço para pessoas com mais de 18 anos e que receberam a segunda dose há no mínimo quatro meses; segunda dose de reforço para pessoas acima de 18 anos que tenham condição de imunossupressão.

Soranz informou que a adesão à vacinação infantil ainda é baixa na capital fluminense. Somente 40% de crianças com idades entre 8 e 11 anos já iniciaram o esquema vacinal.

 

Reportar Erro