Mais Lidas

jogos de azar

Pacheco diz que Senado pode regular funcionamento de cassinos

Projeto do "Marco Regulatório dos Jogos no Brasil" já está em análise na Câmara

acessibilidade:
roleta em preto e vermelho com bola branca

Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Senado, declarou que a Casa pode analisar a liberação de jogos de azar no país, nesta quinta-feira (23).

Em entrevista coletiva, Pacheco citou projeto de cassinos. “Há, inclusive, uma proposta dos chamados resorts integrados, me parece de autoria do senador Irajá. São projetos que existem e, a critério dos líderes partidários, dos senadores e das senadoras, nós podemos dar o devido encaminhamento, mas não tem uma posição minha definida a nenhum desses projetos”.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), também vai analisar o tema e até já ciou um grupo de trabalho para discutir a respeito.

O “Marco Regulatório dos Jogos no Brasil” começou a ser avaliado pelos deputados no dia 10 de setembro e o colegiado terá até 90 dias para decidir sobre o projeto de autoria do deputado Felipe Carreras (PSB-PE).

A deliberação não é consenso no Congresso, parlamentares favoráveis defendem a arrecadação por meio dos jogos, já os contrários acreditam que as chances da ocorrência de crimes de corrupção e tráfico podem aumentar com a liberação dos jogos de azar.

Reportar Erro