Lei Maria da Penha

Natália sofre ataques machistas após denunciar agressões do caçula de Lula

Parlamentares de esquerda se calam diante das acusações de agressão

acessibilidade:
Luis Claudio e Natália Schincariol

A médica Natália Schincariol, ex companheira de Luís Cláudio Lula da Silva, filho mais novo do presidente Lula, fez uma postagem denunciando machismo sofrido nas redes sociais.

No post, ela afirma que, embora seja “empresária, dona do próprio instituto de saúde mental”, com apresentações em congressos e artigos publicados, “nada disso tem valor quando você é uma mulher. Te invalidam, te humilham, te silenciam”, afirma.

Natália, de 29 anos, e Luís Cláudio, 39, foram casados por dois anos, em união estável. O casamento chegou ao fim em meio a um processo turbulento que envolveu acusação de violência doméstica registrada em boletim de ocorrência no dia 2 de abril.

No depoimento, a médica chegou a afirmar: “Relato que estou sofrendo violência doméstica por parte de Luís Cláudio Lula da Silva. As agressões são de natureza física (oportunidade em que me deu uma cotovelada na barriga em uma das brigas no final de janeiro deste ano), verbal, psicológica e moral, e têm se intensificado ao longo do tempo, colocando em risco a minha integridade física e mental”, disse Natália à polícia.

Mesmo com a ampla repercussão da acusação de agressão contra Luís Cláudio da Silva as principais lideranças petistas têm optado pelo total silêncio sobre o caso. Até os mais ativos nomes da cúpula do PT nas redes sociais não teceram qualquer comentário em relações as denuncias.

Desde que o escândalo veio a tona, não houve qualquer pronunciamento de Lula, da primeira-dama Janja da Silva ou de qualquer ministro ou parlamentar petista. Nem mesmo a titular do Ministério das Mulheres, Cida Gonçalves, se pronunciou sobre as supostas agressões.

Na sessão desta última quarta-feira (10/04) da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados, a presidente do colegiado, deputada federal Ana Pimentel (PT-MG), retirou da pauta uma moção de repúdio contra o filho do presidente, acusado de agredir a ex-mulher.

No início deste mês, Natália Schincariol conseguiu na Justiça uma medida protetiva contra o caçula do presidente. Luís Claudio nega todas as acusações.

Reportar Erro