Maria da Penha

Ex-mulher denuncia à polícia filho de Lula agressor e recebe medida protetiva

Médica relata ainda que foi chamada de “doente mental”, “vagabunda” e louca

acessibilidade:
Lula com o filho Luís Cláudio, acusado de agressão pela ex-companheira

A médica Natália Schincariol recebeu medida protetiva após registrar denúncia à polícia contra Luís Cláudio Lula da Silva, filho caçula do presidente Lula, por agressão física, verbal, psicológica e moral. A queixa foi registrada na Delegacia da Mulher em São Paulo na tarde desta terça-feira (2).

De acordo com informações do site Metrópoles, que teve acesso ao boletim de ocorrência, a médica relatou aos policiais que foi agredida com “uma cotovelada na barriga”, além de ter sido chamada de “doente mental”, “vagabunda” e louca.

No relato, Natália diz ainda que precisou ser afastada do trabalho “devido ao trauma causado pelas agressões”, e “hospitalizada com crises de ansiedade”.

Nos relatos, a médica diz ter sido ameaçada para não denunciar Lulinha por ele ser filho do presidente e que “possui influência para se safar das acusações”.

De acordo com o portal, Natália confirmou as informações contidas no boletim de ocorrências.

A defesa do filho de Lula negou as agressões, veja nota abaixo:

Reportar Erro