Mais Lidas

Decisão perigosa

Retorno da Funasa a sede que ameaça desabar leva pânico aos funcionários

Após o alerta de laudo da Defesa Civil, presidente da Funasa suspende a mudança

acessibilidade:
Ronaldo Nogueira. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ex-ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira, presidente da Funasa, tomou uma decisão da qual pode se arrepender. Ele decidiu entregar o prédio alugado, onde funciona a repartição, e reocupar o edifício antigo, que ameaçava desabar. Laudo da Defesa Civil do Distrito Federal, datado de sexta-feira (9), recomenda enfaticamente que a sede antiga seja submetida a reforma estrutural antes de voltar a ser usado. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Questionado, Nogueira informou por sua assessoria que suspendeu a mudança da sede da Funasa até conhecer os laudos técnicos.

Além da Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros também foi chamado a emitir parecer sobre as condições do prédio condenado da Funasa.

Ronaldo Nogueira alega que busca na Funasa eficiência com redução de custos, e a decisão de voltar à sede anterior produzirá economia.

Vídeos Relacionados