19/08/2018

Fatiamento não blinda Dilma da Lei da Ficha Limpa

Fatiamento não blinda Dilma da Lei da Ficha Limpa

A “interpretação criativa” que o Senado fez do artigo 52 da Constituição trata da punição automática ao presidente da República cassado por crime de responsabilidade. Com seu “fatiamento”, o Senado condenou Dilma, mas não a inabilitou. No entanto, a condenação pelo colegiado de senadores a enquadrou na Ficha Limpa. A lei foi criada em 2010 para impedir candidatos condenados, corruptos notórios e impunes.
19/08/2018

Carta estuprada

Carta estuprada

Senadores aliados do PT, desprovidos de pudor, fizeram a manobra que fatiou (ou estuprou, como preferem alguns juristas) a Constituição.
19/08/2018

Manobra por Dilma

Manobra por Dilma

Doze senadores participaram da “armação” despudorada que livrou Dilma da punição. Dez deles do PMDB de Renan e Michel Temer.
19/08/2018

Fatiamento não basta

Fatiamento não basta

As impugnações da candidatura de Dilma em Minas tratam apenas do fatiamento malandro, mas o busílis está na Lei da Ficha Limpa.
19/08/2018

Ficha Limpa independente

Ficha Limpa independente

A Ficha Limpa barra candidatos condenados por órgão colegiado e cujas contas foram rejeitadas. Dilma se encaixa nos dois casos.
19/08/2018

Governo trata mal e descarta diplomatas veteranos

Governo trata mal e descarta diplomatas veteranos

Duas dezenas de experientes diplomatas estarão de volta a Brasília até o fim do ano, removidos para o “quadro especial”, na verdade o “Departamento de Escadas e Corredores (DEC)” ou para a Secretaria de Estado, sem função definida. Na atual gestão, o Itamaraty criou o “Gaoa”, sigla de uma solução cruel, localizada no porão do anexo, para onde foram “depositados” diplomatas a poucos anos da aposentadoria. O objetivo é abrir espaço na marra para acomodar novos diplomatas.
19/08/2018

Serpentário é cruel

Serpentário é cruel

Com embaixadores demais e postos de menos, o governo promove a humilhação dos veteranos para forçar antecipação de aposentadorias.
19/08/2018

A fila anda no Itamaraty

A fila anda no Itamaraty

De uma canetada, o Itamaraty descartou embaixadores brasileiros em Moscou, Pequim, Berlim, Varsóvia, Bruxelas, Quito, Panamá, Lima…
19/08/2018

Como bolinhas de papel

Como bolinhas de papel

Descartaram como bolinhas de papel os chefes de embaixadas e consulados de Montevidéu, Canberra, La Paz, San José, Viena, Baku…
19/08/2018

Torneiro milionário

Torneiro milionário

Condenado por corrupção e lavagem de dinheiro Lula declarou que seu patrimônio é de R$ 7.987.921,57. Sua profissão, segundo seu próprio pedido de registro da candidatura no TSE, é “torneiro mecânico”. Anrã.
19/08/2018

Fizeram o NYT mentir

Fizeram o NYT mentir

O jornal New York Times teve a dignidade de alterar alusão mentirosa sobre Lula, terça (14), atribuindo sua condenação “exclusivamente” a denúncia de delator. Corrigiu, informando que “não é a única prova”.
19/08/2018

Incorrigível otimista

Incorrigível otimista

Apesar de a intervenção federal vedar mudança na Constituição e do ambiente desértico da Câmara, Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), relator da PEC da reforma tributária, aposta na aprovação do texto em 2018.
19/08/2018

Palanque de cinema

Palanque de cinema

O advogado Paulo Roque chamou um monte de gente para o cinema em Brasília, ontem. E surpreendeu a todos com o lançamento da sua candidatura ao Senado pelo Partido Novo. Com direito a filme, claro.
19/08/2018

Recomendação inócua

Recomendação inócua

O general Augusto Heleno definiu a “recomendação” de um comitê Direitos Humanos a favor de Lula como “flagrante desrespeito à soberania nacional”. Inócua, faltou dizer.
19/08/2018

PR é campeão

PR é campeão

O PR tem três deputados no “top 10” dos que mais obtiveram ressarcimento de despesas: Edio Lopes, com R$4,33 milhões, Wellington Roberto (R$4,2 milhões) e Gorete Pereira (R$4, milhões).
19/08/2018

Herança

Herança

O fim do governo Temer deixou uma bomba extra não apenas para o próximo presidente, mas para os brasileiros, uma assessora econômica na diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica por quatro anos.
19/08/2018

Datas importantes

Datas importantes

A partir do fim da eleição em 7 de outubro, candidatos têm 30 dias para as prestações de contas do primeiro turno. E a data limite para partidos e coligações limparem as ruas de sua propagandas é 6 de novembro.
19/08/2018

Pensando bem…

Pensando bem…

…só o PT acredita que Dilma pode ser candidata este ano, mas Lula, nem o PT.