18/10/2018

Extinção dos cartórios será pauta no Congresso

Extinção dos cartórios será pauta no Congresso

Eleito deputado federal com quase 500 mil votos, Kim Kataguiri (DEM) chegará à Câmara empunhando a bandeira que agrada grande parte dos eleitores: a extinção dos cartórios, essa coisa atrasada que explora a “indústria da desconfiança” para faturar cerca de R$5 bilhões por ano no Brasil. Cartório é negócio rentável que seus proprietários figuram entre os brasileiros mais ricos, segundo dados oficiais, somente carimbando papéis e atestando que a sua assinatura é sua mesmo.
18/10/2018

Casta das castas

Casta das castas

Além do faturamento de suas lojas, os donos de cartório ganham em media R$1,1 milhão por ano, o dobro de procuradores e magistrados.
18/10/2018

São dispensáveis

São dispensáveis

Estudos mostram que a tecnologia existente e a estrutura do Estado podem fazer o serviço do cartório, sem custos adicionais à população.
18/10/2018

Carimbos milionários

Carimbos milionários

Citando dados do Conselho Nacional de Justiça, Kataguiri disse que só o 9º Cartório Ofício de Notas do Rio fatura R$40 milhões por semestre.
18/10/2018

Carimbo inflacionado

Carimbo inflacionado

O reconhecimento de assinatura no DUT, para transferir veículos, vai passar de R$3,90 para R$33,03 no DF. Aumento indecente de 747%.
18/10/2018

Erro de perícia aumenta dívida da União a usinas

Erro de perícia aumenta dívida da União a usinas

A União está prestes a pagar à gigante Copersucar uma indenização de R$10,6 bilhões, em razão dos prejuízos provocados pelo controle de preços do extinto Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA). O problema é que essa mega-indenização está superestimada por erros grotescos do Laudo Pericial que instruiu a sentença judicial, conforme apontou o consultor Celso Roberto Dias Mendes, em denúncia à Advocacia Geral da União (AGU) e à Procuradoria Geral da República (PGR).
18/10/2018

Sangria desatada

Sangria desatada

Erros de perícia, sem congelar os valores, elevou a indenização para R$10,6 bilhões em fevereiro de 2018, aumentando a sangria do erário.
18/10/2018

É só erro?

É só erro?

Os valores devidos pela União às 99 usinas paulistas, ligadas à Copersucar, podem ser metade do valor apontado em laudos periciais.
18/10/2018

Caiu do céu

Caiu do céu

As 99 usinas credoras da União devem uma fábula à Receita, por isso o pagamento à Copersucar poderá isentá-las desses tributos.
18/10/2018

Juízo, madame

Juízo, madame

Amigos da ex-presidente cassada Dilma (PT) andam preocupados com sua, digamos, mudança de comportamento desde a humilhante derrota do dia 7. Acham que o juízo que lhe restava pode ter evaporado.
18/10/2018

Confissão necessária

Confissão necessária

Católicos praticantes estão injuriados com a cena eleitoral de Haddad (PT) e Manuela (PCdoB) fingindo devoção, durante uma missa. E se queixam de sacrilégio do candidato comungando sem se confessar.
18/10/2018

Boas novas na política

Boas novas na política

Bem preparada e motivada, a cientista política Júlia Lucy, deputada distrital eleita pelo Novo, no DF, está feliz com a vitória, mas diz que não fará carreira política. Difícil será o eleitor deixar que ela escape.
18/10/2018

Fazendo história

Fazendo história

O novo presidente da estatal de comunicação EBC, Luiz Antônio Ferreira, é o primeiro funcionário de carreira no cargo. Substitui o embaixador Alexandre Parola, novo chefe da missão do Brasil na Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra.
18/10/2018

Aparelhamento

Aparelhamento

Em corajoso artigo para o site Diário do Poder, o diplomata Miguel Gustavo de Paiva Torres lança luz sobre o aparelhamento do Ministério das Relações Exteriores após a chegada do PT ao poder, em 2002.
18/10/2018

O maior crescimento

O maior crescimento

Levantamento da Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados mostra que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) não apenas foi o mais votado do País. Ele somou 2.142% a mais de votos que em 2014.
18/10/2018

Maiores derrocadas

Maiores derrocadas

O mesmo levantamento da Câmara mostra quem mais perdeu votos: Clarissa Garotinho (Pros-RJ), 89% a menos. Jean Wyllys (Psol-RJ) é o segundo que mais perdeu votos entre 2014 e 2018: teve 83% a menos.
18/10/2018

Inovação a caminho

Inovação a caminho

A CNT revela no fim de semana os vencedores do Programa Conecta. Em busca de soluções para o setor de transporte e logística, as cinco startups selecionadas terão um mês de capacitação no Vale do Silício (EUA), além de aporte financeiro para alavancar as empresas.
18/10/2018

Pergunta sem margem de erro

Pergunta sem margem de erro

Quando serão consideradas “fake news” pesquisas fajutas de 1º turno, incapazes de apontar a vitória de Witzel no Rio e de Zema em Minas?