Mais Lidas

No Brasil, 61% dos clientes de lojas online desistem da compra

acessibilidade:

Levantamento da consultoria de e-commerce e marketing digital Enext, no Brasil é de 61% a taxa média de abandono de carrinho de compra, quando o cliente abandona o negócio antes de avançar para sua conclusão. Em 2020, a porcentagem de desistência chegou a 71%.

Problemas como dificuldade no cadastro são fatores que interferem na decisão de quem está prestes a concluir um negócio e acabam “espantando” uma potencial venda.

“Os consumidores online são exigentes e buscam informações em diversas fontes, como redes sociais, blogs e outros canais. Por isso, quando decidem realizar uma compra analisam prós e contras de cada fornecedor. Então, para finalizar essa jornada, levarão em consideração todas as informações encontradas ao longo das pesquisas realizadas.”, diz Natália Tukoff, diretora comercial e de Marketing da Yapay.

Especialistas recomendam, por exemplo, atenção com o equilíbrio entre valor dos produtos e do frete praticado. Uma desproporção pode assustar o cliente na hora de finalizar a compra, podendo levá-lo a desistir do negócio. Por isso, é necessário oferecer um preço justo em relação ao frete.

Outro erro é a complexidade no momento de fazer um cadastro na loja virtual. O layout precisa ser intuitivo, pois oferece experiência durante a compra e localiza o produto desejado sem atritos ou confusões. Somado a isso, é importante uma boa estética, que seja intuitiva e com os dados da empresa e canais de atendimento sempre visíveis para transmitir segurança.

Também é preciso oferecer opções de pagamento aos clientes. É preciso disponibilizar o máximo de opções, como pix, boleto e cartões de crédito de diversas bandeiras para que o cliente se sinta confortável para escolher como prefere finalizar a compra, ampliando as chances de conversão.

Reportar Erro