Mais Lidas

Operação Para Bellum

PF vasculha a casa de Helder Barbalho investigando corrupção na compra de respiradores

Alvo da investigação é a compra de R$50 milhões em equipamentos de combate ao coronavírus

acessibilidade:
A Polícia Federal chegou logo cedo à casa do governador Helder Barbalho, em Belém - Foto: PF.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), é alvo de operação da Polícia Federal, nesta quarta-feira (10), no âmbito da Operação Para Bellum, que investiga fraude na compra de respiradores pulmonares.

A PF cumpre um total de 23 mandados de busca e apreensão no Pará e em mais seis estados, na investigação de irregularidades na compra desses equipamentos de combate à doença.

Os policiais realizam buscas nas residências dos investigados, além de empresas envolvidas no negócio de mais de R$50 milhões. Também são vasculhados o do governo e as secretarias de estado de Saúde, Fazenda e Casa Civil do estado do Pará.

Os sócios da empresa investigada e servidores públicos estaduais também são investigados.

O nome da operação, segundo a PF, vem do latim e pode ser traduzido como “preparar-se para a guerra” que, no caso da investigação, faz referência ao intenso combate ao desvio de recursos públicos, especialmente em períodos de calamidade, como na atual pandemia.