Mais Lidas

sanção

Instagram faz represália contra Rússia e suspende serviço no país

Meta Platforms anunciou sanção e governo russo abre investigação criminal contra gigante norte-americana

acessibilidade:
Meta Platforms, dona do Facebook, anuncia encerramento das atividades na Rússia. Foto: Reprodução

A rede social Instagram terá os serviços encerrados, a partir da meia-noite deste domingo (13), na Rússia. A Meta Platforms, mesmo grupo do Facebook, anunciou a paralisação das atividades em represália aos ataques do Kremlin à Ucrânia.

O regulador de comunicações do Estado vem alertando os usuários a retirarem suas fotos e arquivos do Instagram antes que ele seja retirado do ar. Segundo o órgão, para suprir as necessidades, as pessoas deveriam buscar “plataformas de internet competitivas” da Rússia.

Na última semana, a empresa já havia declarado que os usuários das plataformas digitais poderiam publicar mensagens contra os militares russos, inclusive aquelas que incitem a violência.

A Meta alertou, no entanto, que sua política de discurso de ódio só sofre abrandamento na Ucrânia, considerando as publicações a partir do dia 24 de fevereiro. Para a empresa, não seria justo não permitir que os ucranianos “expressassem sua resistência e fúria contra as forças militares invasoras”.

As autoridades russas abriram um inquérito criminal contra a Meta, alegando que a empresa norte-americana de tecnologia seria uma “organização extremista”.

 

 

 

Reportar Erro