Reação

Governo brasileiro repudia atentado à vice-presidente argentina

"Brasil repudia toda e qualquer forma de violência", diz a nota do governo

acessibilidade:
A TV pública mostrou a imagem em que aparece a mão do brasileiro apontando a arma para a vice-presidente.

O governo brasileiro divulgou nota de repúdio à tentativa de assassinato da vice-presidente argentina Cristina Kirchner.

O protesto brasileiro foi manifestado, como é habitual, pelo Ministério das Relações Exteriores.

“O Governo brasileiro condena o injustificável ato de agressão contra a Vice-Presidente da República Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, ocorrido na noite de ontem, 1º de setembro, em Buenos Aires”, afirma a nota.

“O Brasil repudia toda e qualquer forma de violência com motivação política e reitera seu invariável respaldo à irmã nação Argentina”, conclui.

Em visita a Expointer, em Esteio (RS), o presidente Jair Bolsonaro lamentou o ato de violência e lembrou inclusive que ele próprio foi vítima de tentativa de assassinato, em 2018, com uma facada, quando “teve gente que comemorou”.