Mais Lidas

Desastre nacional

Governador de Beirute compara explosão com a bomba de Hiroshima

'Desastre nacional' foi assim que aos prantos Marwan Abboud classificou ocorrido

acessibilidade:
Marwan Abboud governador de Beirute chora ao chegar no local da explosão Imagem: Sky News Reproducao

Fortemente emocionado, o governador de Beirute, Marwan Abboud comparou a explosão na região portuária da capital libanesa com a bomba de Hiroshima. “Parece o que aconteceu no Japão, em Hiroshima e Nagasaki. É disso que me lembra. Na minha vida, não vi destruição nessa escala’.

Aos prantos ele disse a jornalistas que a explosão é uma catástrofe nacional. “É um desastre para o Líbano. Não sabemos como vamos nos recuperar disto. Temos que nos manter fortes, temos que ser valentes”.

No momento da explosão, desta terça-feira (04), foi possível ver  uma grande bola de fogo, muito parecida com a que ocorreu no ataque atômico nas cidades japonesas.

O impacto gerou um abalo sísmico equivalente a um terremoto de magnitude  3,3 graus na escala richter. Os moradores do Chipre sentiram o abalo, o país fica a a 248 km de distância da capital do Líbano.

Até o momento foram registradas 73 mortes e 3.700 pessoas estão feridas. Esses números podem aumentar quando começarem os resgates depois que as chamas forem controladas,