Mais Lidas

Teste da Vez

Brasileira à italiana: testamos o Fiat Argo Drive 1.3 S-Design

O hatch, terceiro veículo mais vendido do país, conta com excelente nível de equipamentos e consumo interessante

acessibilidade:
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design. Fotos: Geison Guedes/DP.

Neste ano, o mercado automotivo brasileiro passa por diversas mudanças na lista de mais vendidos. Após um longo reinado do Chevrolet Onix, a Fiat Strada assumiu a ponta. Além disso, a italiana emplaca outros três modelos no Top10, sendo um deles o Argo. 

O hatch compacto é, até o momento, o segundo mais vendido da categoria, atrás apenas do Hyundai HB20 e o terceiro no geral. Para se ter uma ideia, o ítalo-brasileiro vendeu nos primeiros seis meses do ano praticamente o dobro do acumulado até junho em 2020, foram 41.926 contra 22.727 unidades. 

O hatch é o nosso “Teste da Vez” em uma das versões mais interessantes do Argo, a Drive 1.3 S-Design, tiramos a prova do porque o modelo está indo tão bem. Equipado com motor Firefly 1.3 e câmbio manual, o hatch adotou o, até então pacote extra, como versão definitiva na linha 2022. Com isso, além do visual diferenciado, o grande destaque é a lista de equipamentos. 

Como todos os veículos à venda no Brasil, o maior porém do Argo S-Design é o preço. Agora como versão dedicada e não mais só como um pacote extra, ele chega por salgados R$ 74.390, pelo menos, não há pacote extra de opcionais, apenas as pinturas metálicas 0u perolizadas por R$ 1,8 mil.

Brasileiro à italiana

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

A Fiat Flag aponta para a herança italiana do hatch compacto.

Nascido como pacote opcional, o S-Design passa a ser uma versão de fato a partir da linha 2022 do Argo, já disponível. A principal característica dele é a alteração visual, com foco nos tons escuros, tanto na carroceria, quanto no interior do hatch. 

O modelo testado, ainda na linha 2021, tem pequenos detalhes diferentes em relação ao atual. A logo, até então em preto, passa a ser em bronze, assim como um pequeno detalhe no para-choque dianteiro. No mais, tudo permanece igual, com as rodas, capas dos espelhos retrovisores e spoiler traseiros escurecidos, assim como o Fiat Flag nas cores da bandeira italiana na grade frontal. 

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

O interior segue o mesmo padrão das demais versões, mas todo escurecido.

Por dentro, o destaque fica pelo teto escuro, que passa um ar de maior esportividade ao modelo. Seguindo o estilo exterior, quase todos os detalhes são em preto, do logo Fiat, aos forros de porta, painel e tecido dos bancos. Apenas uns pequenos pontos no volante são claros. 

O acabamento, apesar do abundante uso de plástico duro, é bem feito e não tem nenhuma peça mal encaixada ou com rebarbas. O espaço é condizente com a categoria, leva quatro adultos com um mínimo de conforto, mas um quinto gera apertos desnecessários. O porta-malas tem um bom tamanho, com 300 litros não é nem o maior, nem o menor do segmento.  

Bem completo

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

Diferenciado, mesmo com transmissão manual, a partida é por botão.

O grande destaque da versão, é a lista de equipamentos. A Drive S-Design, mesmo intermediária, conta com itens de série interessantes e alguns até incomuns em veículos com câmbio manual, como a partida do motor por botão. 

Ele ainda conta com ar-condicionado automático e digital, abertura das portas com chave sensorial, painel de instrumentos com tela de 3,5 polegadas, os básicos vidros, travas e ajustes dos retrovisores elétricos e central multimídia com display de sete polegadas, conexão Android Auto e Apple CarPlay e duas portas USB. 

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

Ar-condicionado automático digital é um dos destaques do hatch.

Na parte da segurança, controles de tração e de estabilidade, monitoramento de pressão dos pneus, sensor de estacionamento traseiro, auxiliar de partida em rampa, controle eletrônico de aceleração e sinalização de frenagem de emergência (ESS). De ausência, apenas câmera de ré. 

Agora, que ele é bem equipado é fato. Mas se pararmos para pensar, estamos falando de um carro de R$ 74.390. Dessa forma, falando como nossas mães, a Fiat “não fez mais do que a obrigação”. 

“Azeitado”

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

O modelo surpreende também na direção.

O conjunto mecânico do Argo Drive S-Design é o atual intermediário da marca. Com o já conhecido motor FireFly 1.3 aliado a transmissão manual de cinco velocidades e direção elétrica, o sistema atua bem dentro da proposta, com bom fôlego e ótimo consumo na cidade. 

O motor de 109 cavalos no etanol e 101 na gasolina com 14,2 e 13,7kgfm de torque trabalha bem, principalmente na cidade, onde realizamos todo o teste. As manobras são feitas com certa facilidade, sem muito esforço. Nas ultrapassagens, basta deixar o giro subir um pouco, estendendo a troca, que ele desenvolve bem, fazendo a movimentação com segurança.

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

O câmbio manual de cinco marchas tem bons encaixes de fácil troca.

Falando do câmbio, apesar de que ele poderia ter uma marcha a mais, a caixa atua de forma acertada. As trocas são feitas sem engasgos e a alavanca permite alternância precisas e sem dificuldade. Um detalhe interessante é o auxiliar visual indicando o momento certo de subir ou descer a marcha. 

Um equipamento que ajuda muito, principalmente em regiões com muitas ladeiras — que não é exatamente o caso de Brasília, onde fazemos nossos testes — é o auxiliar de partida em rampa. Com ele, o veículo fica cerca de três segundos parado, possibilitando que o motorista siga viagem sem se preocupar com que o carro desça. 

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

Durante o teste, o Drive S-Design fez bons 13,8km/l.

Outro ponto positivo do conjunto é a direção elétrica. Como qualquer equipamento do tipo, ela permite uma condução muito mais segura, ficando firme em alta velocidade e leve nas manobras de estacionamento. 

O último destaque é o consumo. Durante o nosso teste, o Argo Drive S-Design fez, em média, 13,8km/l com gasolina, lembrando que rodamos apenas na cidade e que, em Brasília, as vias por serem mais planas, deixam o gasto com combustível mais perto da estrada. 

A opinião do Diário Motor

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

O modelo agrada do visual ao baixo consumo.

O Argo Drive S-Design mostra o porque do modelo está indo tão bem nas vendas, mesmo em um momento distinto pelo qual nosso mercado passa. Com excelente nível de equipamento, visual agradável, principalmente pelos detalhes escurecidos, e conjunto mecânico bem calibrado, o modelo vai muito bem. 

O destaque, claro, é a lista de equipamentos, incorporada como de série na linha 2022 — até então a maioria era no pacote extra, o próprio S-Design. No conjunto mecânico, a boa dirigibilidade com o baixo consumo de combustível, faz a vida a bordo para o motorista bem tranquila. De negativo, como de costume, o alto valor, afinal, são quase R$ 75 mil. Vale a compra! Nota: 9

Ficha Técnica

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.

Motor: 1.3

Potência máxima: 109/101cv 

Torque máximo: 14,2/13,7kgfm 

Transmissão: manual de 5 velocidades

Direção: elétrica

Suspensão: independente na dianteira e semi-independente na traseira

Freios: a disco na dianteira e tambor na traseira

Porta-malas: 300 litros 

Dimensões (A x L x C x EE): 1.501 x 1.724 x 3.998 x 2.521mm 

Preço: R$ 74.390

Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design. Fotos: Geison Guedes/DP.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.
Fiat Argo Drive 1.3 S-Design.