Mais Lidas

Último sopro

Após 91 meses, Volkswagen Gol volta a liderar o mercado automotivo

Perto do fim da vida, o recordista absoluto de liderança no Brasil, volta ao topo do ranking em julho com quase 12 mil emplacamentos

acessibilidade:
Volkswagen Gol.
Após 91 meses, Volkswagen Gol volta a liderar o mercado automotivo. Foto: VW.

Quando se fala de veículo mais vendido no Brasil, a história rapidamente remete ao Volkswagen Gol. O hatch lançado em 1980 detém diversos recordes no país, entre eles, o de mais anos como o líder de vendas, 27 no total e todos seguidos. 

Apesar de todos os recordes, a última vez que o Gol fechou um mês como modelo mais vendido do país foi em dezembro de 2014. O feito foi repetido agora em julho, 91 meses depois da última liderança, com 11.925 emplacamentos, 1.028 unidades a mais que a Fiat Strada e 3.088 que o Chevrolet Onix, o terceiro lugar, de acordo com números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Com a forte recuperação, o Gol voltou a figurar no Top10 dos mais vendidos no acumulado do ano. Nos sete primeiros meses de 2022, ele comercializou 35.531 unidades, figurando no quinto lugar geral, número muito melhor que o apresentado no primeiro semestre, quando figurou apenas em 13º. 

Resta saber se, com a surpreendente liderança no fim da vida, a Volks, que ventila a informação que o modelo, após 42 anos de história, deve ser descontinuado ainda neste ano, o manterá em produção ou finalmente encerrará história do hatch por aqui. Mas não é a primeira vez que a marca afirma o fim do Gol e ele continua aí, firme e forte.

Mas se a marca comemora o retorno do hatch à liderança em um único mês, ela “liga o alerta” entre os SUVs. Ainda liderando o acumulado do ano com o T-Cross, viu a diferença cair consideravelmente para o segundo colocado, o Jeep Compass, por causa de um desempenho totalmente contrário do primo Gol em julho, quando fechou o mês com 3.535 unidades e apenas em oitavo entre todos os utilitários e em quinto entre os compactos.

Reportar Erro