Terceira vez seguida

Brasil bate novo recorde de vacinação nesta 6ª feira: 936,7 mil doses em 24h

Recordes anteriores foram de 777 mil doses na quarta e 808 mil na quinta

acessibilidade:
O papel da vacina no organismo é estimular a produção de anticorpos Foto: Tânia Rêgo/EBC

O Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, estabeleceu nesta sexta (26) um novo recorde, terceiro seguido, na aplicação de vacinas em todo o País.

De acordo com balanço fechado agora há pouco pela plataforma independente de monitoramento vacinabrasil.org, mantida pela Rice University, de Houston (Texas), foram aplicadas 936.769 doses, número cada vez mais próximo à meta de 1 milhão de doses diárias estabelecida pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Ao todo, foram aplicadas 827.331 primeiras doses e mais 109.438 segundas doses. Os recordes anteriores foram estabelecidos na quarta (24), com 777 mil doses, e na quinta (25), com 808 mil.

Segundo o vacinabrasil.org, já são 14.927.321 os brasileiros que receberam ao menos a primeira dose de uma das vacinas contra a covid e mais 4.660.934 os que receberam também a segunda dose e estão imunizados.

Até agora, o Ministério da Saúde disponibilizou aos Estados um total de 33.644.976 doses, das quais 24.596.126 foram distribuídas aos municípios. Somadas, as doses administradas, em primeira e segunda doses, chegam a 19.588.255.

A média diária de doses aplicadas, que na última sexta (19) girava em torno de 372 mil, disparou para 566 mil hoje. Nos últimos sete dias, o Brasil aplicou 3,96 milhões de doses.

Reportar Erro