Lul22

TRF-4 anula todas as decisões de Appio, substituto que apoiou Lula e criticou Moro

A corte acatou os pedidos de suspeição apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF)

acessibilidade:
Ex-juiz da Lava Jato, Eduardo Appio. (Foto: JF-PR).

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) anulou todas as decisões do juiz Eduardo Appio no âmbito da Operação Lava Jato. A corte acatou os pedidos de suspeição apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF).

Appio já estava afastado dos processos por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O magistrado é crítico dos métodos usados pelo ex-juiz Sérgio Moro, que comandou a Lava Jato, e pelo ex-procurador Deltan Dallagnol.

Eduardo Appio foi afastado das funções em maio acusado de fazer uma ligação telefônica para o filho do desembargador Marcelo Malucelli para confirmar o parentesco. O advogado João Malucelli é sócio do ex-juiz e hoje senador Sergio Moro em um escritório de advocacia.

Appio já se envolveu em outras polêmicas, como o uso do login “LUL22” para acessar o sistema eletrônico da Justiça.

O magistrado também fez doações à campanha do agora presidente Lula nas últimas eleições. O curioso valor doado por Appio foi de R$13; número do Partido dos Trabalhadores (PT) nas urnas.

Reportar Erro