Sucumbiu

Sob pressão de Lula, Melles renuncia ao comando do Sebrae

Comando do Sebrae deve ir para o PT

acessibilidade:
Carlos Melles, presidente nacional do Sebrae - Foto: Agência Sebrae.

O diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, sucumbiu à pressão do presidente Lula e renunciou ao cargo, sem pagar para ver a reunião do conselho deliberativo em que sua destituição seria votada.

A renúncia sinaliza que o governo obteve os votos necessários à sua destituição, que faltaram na primeira reunião, há duas semanas.

Com a saída de Melles, o comando do Sebrae deve ser entregue ao Partido dos Trabalhadores (PT) e poderá se exercida por Luiz Barreto, que já presidiu a entidade durante o governo Lula

Melles foi eleito para o posto em 2019. Em 2022 foi reeleito para mais quatro anos.

A decisão de Melles antecipa reunião do conselho deliberativo do Sebrae com o presidente Lula, prevista para esta quinta-feira (30), que poderia destituí-lo do cargo.

Reportar Erro