Pagamento mínimo

Sem acordo, entregadores de aplicativo ameaçam greve geral

Trabalhadores cobram pagamento mínimo de R$35 por hora logada no app

acessibilidade:
Entregadores planejam fazer greve geral no fim desta semana (Foto: Rovena Rosa/ABr)

Entregadores que usam aplicativos para trabalhar ameaçam greve geral caso não cheguem a um acordo com as plataformas sobre o valor mínimo por hora trabalhada. A paralisação está programada para o fim da semana, 29 de setembro.

Os sindicatos dos entregadores querem que o valor mínimo por hora seja de R$35, mas as plataformas oferecem menos da metade, R$17.

Caso não haja consenso, a greve geral foi confirmada por sindicatos do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal.

Reportar Erro