Vexame

Lula se alinha à Rússia e não assina declaração pela Paz

Lula diz que presidentes da Ucrânia e Rússia deveriam se sentar à mesa

acessibilidade:
O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: Ricardo Stuckert)

O Brasil não assinou o comunicado final da Cúpula para a Paz na Ucrânia. O presidente Lula defende que a Rússia, país invasor, seja convidado para discutir o acordo e fala como se fosse possível obrigar os respectivos dirigentes se sentarem à mesa de negociação.

“Que a gente coloque, definitivamente, a Rússia na mesa, o Zelensky na mesa, e vamos ver se é possível convencê-los de que a paz vai trazer melhor resultado do que a guerra. Na paz, ninguém precisa morrer, não precisa destruir nada. Não precisa vitimar soldados inocentes, sobretudo jovens, e pode haver um acordo. Quando os dois tiverem disposição, estamos prontos para discutir”, disse o presidente.

Lula nem mesmo foi ao encontro internacional deste domingo, o Brasil enviou a embaixadora do Brasil na Suíça, a diplomata Claudia Fonseca Buzzi.