Pablo Nobel

Tabata Amaral dá cano em marqueteiro que abandona pré-campanha

Nobel defendia uma postura mais crítica ao governo Lula; Já Tabata, é aliada do governo e fez campanha para o petista

acessibilidade:
Falta de pagamento e divergências em relação ao direcionamento estratégico da campanha seriam os principais motivos para a saída. (Foto: Cleia Viana/Agência Câmara).

O marqueteiro Pablo Nobel deixou a pré-campanha da deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP) à Prefeitura de São Paulo.

Falta de pagamento e divergências em relação ao direcionamento estratégico da campanha seriam os principais motivos para a saída.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal O Globo, a agência de Nobel, a PLTK, e outros prestadores de serviços da campanha não receberam pagamento há meses.

Nobel informou que, caso não houvesse um acerto de contas, ele deixaria a campanha.

Porém, o marqueteiro afirma que a questão financeira não foi o principal motivo para a saída dele, e declarou ainda que o contrato de seis meses para a preparação da campanha de Tabata chegou ao fim.

Nobel defendia um distanciamento e uma postura mais crítica em relação ao governo do presidente Lula (PT).

Entretanto, Tabata é aliada do governo e fez campanha para o petista.

Reportar Erro