Mais Lidas

Famosa em Podcast

Polícia Civil faz operação em “Casa Abandonada” na capital paulista

Autoridades averiguam crime de abandono de incapaz por parte da família em imóvel em Higienópolis, tema do podcast "A Mulher da Casa Abandonada"

acessibilidade:
A "Casa Abandonada", no bairro de Higienópolis, em São Paulo (SP)

A Polícia Civil de São Paulo cumpriu ontem, 20, um mandado de busca e apreensão em uma residência de Higienópolis, região central da capital. A operação faz parte de um inquérito que investiga um possível abandono de incapaz por parte da família em imóvel em Higienópolis que virou tema do podcast “A Mulher da Casa Abandonada”.

A mulher é Margarida Bonetti, 63 anos, moradora do casarão. Ela passou por avaliação médica, para ver se teria condições de ficar sozinha na casa. Margarida afirmou à polícia que não quer deixar o local.

A polícia precisou arrombar uma janela para entrar na casa, enquanto dezenas de pessoas acompanharam a operação da polícia na rua.

Segundo o investigador chefe da Seccional Centro Luís Carlos Zaparolli, dentro da casa havia entulho, restos de comida e lixo. Um cachorro que estava na cozinha e foi resgatado.

A investigação policial teve início depois que vizinhos do imóvel em Higienópolis ligaram para diversas delegacias afirmando que uma pessoa que apresentava problemas de saúde mental estava no local e precisava de ajuda.

Segundo o podcast “A Mulher da Casa Abandonada”, da Folha de S. Paulo, lançado em junho, Margarida foi investigada pelo FBI, departamento de polícia investigativa dos Estados Unidos em 1998 por trabalho análogo à escravidão e cárcere privado contra sua empregada doméstica; o marido, René Bonetti, chegou a ser julgado em 2000 e cumpriu pena em presídio americano, mas ela retornou ao Brasil e mora em um casarão ‘abandonado’ no bairro de Higienópolis.

No entanto, não há mandado de prisão conta Margarida porque o crime prescreveu.

Reportar Erro