Melhor não duvidar

Paulo Guedes reitera possibilidade que o Brasil cresça mais que a China

Revisões do mercado para o PIB brasileiro seguem sendo revisadas para cima e se aproximam dos 3%, mais ou menos o esperado para os chineses

acessibilidade:
Ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Washigton Costa

Nova revisão para cima feita pelo mercado para o crescimento da economia brasileira este ano levou Paulo Guedes (Economia) a reiterar uma possibilidade já aventada pelo ministro em outras ocasiões.

“Pode ser que, pela primeira vez em 42 anos, o Brasil cresça mais que a China”, disse em entrevista.

De acordo com Guedes, o Brasil segue na contramão do resto do planeta, onde muitos países, inclusive os desenvolvidos, ainda enfrentam alta descontrolada da inflação porque “não fizeram o dever de casa”.

O ministro ressaltou também o desempenho do mercado de trabalho e o recorde de mais de 100 milhões de pessoas trabalhando, formal e informalmente, sem precisar buscar emprego.