Mais Lidas

estelionato

Operação da Polícia Federal mira fraudador do auxílio emergencial em Sergipe

As investigações apontam que o suspeito criou 11 contas falsas para receber o benefício

acessibilidade:
Mala preta com emblema da Polícia Federal
PF identifica fraudador do auxílio emergencial. Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (2), ação para reprimir fraudes no recebimento do auxílio emergencial no estado de Sergipe. Um mandado de busca e apreensão é cumprido, além do bloqueio dos valores obtidos por meio ilícito.

De acordo com as investigações, o suspeito criava contas falsas no aplicativo da Caixa Econômica, onde o benefício é depositado pelo governo federal, para efetuar o pagamento de boletos que tinham como destino a conta do fraudador. Foram identificadas 11 contas fictícias das quais eram desviados os valores do auxílio.

O investigado pode responder pela prática dos crimes de estelionato e lavagem de dinheiro, cujas penas combinadas podem alcançar 16 anos de prisão e pagamento de multa.

 

 

Vídeos Relacionados