Efeito Musk

Nikolas pede CPI do Abuso de Autoridade após falas de Musk

Para o mineiro, falta homem com testosterona no país para enfrentar o judiciário.

acessibilidade:
Dep. Nikolas Ferreira (PL - MG) (Foto: Agência Câmara)

Após as declarações do dono da rede social X, Elon Musk,  sobre as ações de Alexandre de Moraes no Brasil, classificadas como autoritárias, o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) sugeriu a volta do debate sobre a CPI do Abuso de Autoridade, proposta pelo deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS) para apurar excessos do judiciário. “O homem mais rico do mundo e diversos jornalistas internacionais dizendo que há algo acontecendo no Brasil. Só o Congresso continuará ignorando e lidando como se estivéssemos em uma normalidade?”, questionou. 

E completou: “não valia instaurar a CPI do abuso de autoridade? Não haverá nenhuma medida para esclarecer o que está acontecendo?”, indagou o deputado. 

Para o mineiro, “É o que sempre digo: não faltam leis, projetos, emenda pro Brasil. Falta homem com testosterona”. 

Reportar Erro