R$ 7,2 bi

Dinheiro da importação de arroz recuperaria RS, diz Fedearroz

"Não precisamos importar arroz, precisamos de reconstrução", diz a Federação. 

acessibilidade:
O presidente da Fedearroz, Alexandre Velho. (Foto: redes sociais)

A Federação dos Arrozeiros do Brasil está investindo em divulgação sobre como os recursos destinados pelo governo Lula para a compra de arroz importado poderiam ser utilizados para recuperar o Rio Grande do Sul depois da catástrofe climática que ocorreu no estado. “Não precisamos importar arroz, precisamos de reconstrução”, diz a Federação.

Segundo informativo que circula nas redes sociais, tendo como base dados do governo gaúcho, com 7,2 bilhões, o governo Lula poderia distribuir investimentos entre as seguintes frentes:  recuperar estradas, destinando R$3,3 bi em investimentos. Reconstruiria todas as escolas estaduais empregando recursos na ordem de RS 755 mil, construiria quase quatro mil moradias populares usando R$ 713 mil, refaria a operação interacional do aeroporto Salgado Filho com R$ 362 mil, injetaria R$ 1,97 bilhões no setor produtivo e reconstruiria todos os postos de saúde.