R$ 93 bilhões em jogo

Deputado pede investigação de esquema do governo com bancos

Denúncia aponta favorecimento de dois bancos na venda bilionária de precatórios

acessibilidade:
Dep. Evair Vieira de Melo (PP - ES)

O deputado Evair de Melo (PP-S) pediu apuração da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre eventuais irregularidades na gestão dos precatórios pagos pelo governo Lula. O capixaba quer envolvimento da Polícia Federal e Receita Federal no inquérito. Evair passou a suspeitar das irregularidades após a notícia de que R$ 93 bilhões foram destinados ao pagamento de precatórios, incluindo venda antecipada e beneficiando exclusivamente dois bancos, cujos nomes não foram divulgados.

“Precisam ser adotadas medidas judiciais adequadas para investigar essa denúncia para esclarecer a veracidade dos fatos narrados e avaliar as consequências de práticas ilegais, que atentam aos princípios da administração pública e em consonância sejam identificados conflitos de interesse, enriquecimento ilícito, fraude e obstrução da justiça”, pondera.

O parlamentar também pediu providencias da Câmara dos Deputados no reforço da solicitação feita à PGR.

Reportar Erro