Por nossa conta

Farra: autoridades usam e abusam dos jatinhos da FAB: 579 viagens só este ano

O levantamento não inclui os passeios de Lula e Janja, cujos números são escondidos

acessibilidade:
TCU permitiu o sigilo sobre uso dos aviões da FAB para 'altas autoridades'. (Foto: Tenente Enilson/FAB).
TCU permitiu o sigilo sobre uso dos aviões da FAB para 'altas autoridades'. (Foto: Tenente Enilson/FAB).

Regalia para ministros do Supremos Tribunal Federal (STF), ministros de Estado, comandantes das Forças, além de presidente dos Poderes, os jatos da Força Aérea Brasileira levantaram voo 579 vezes somente neste ano de 2024. O levantamento não inclui os passeios de Lula e Janja, cujos números são escondidos. Lideram o uso dos jatinhos o presidente da Câmara, Arthur Lira, 49 viagens, e o presidente do STF, ministro Luís Roberto Barroso, que voou por aí outras 45 vezes nas asas da FAB. As informações são do jornalista Cláudio Humberto, colunista do Diário do Poder.

O número de viagens deve diminuir: extrapolando, o TCU tornou sigilosas viagens de ministros do STF e de presidentes de poder.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, também não economiza na ponte aérea Brasília-São Paulo. Acionou a FAB 35 vezes este ano.

Nem despacham com Lula, mas voam na FAB os ministros Simone Tebet (14 vezes), Waldez Góes (16) e Celso Sabino (13).

Reportar Erro