Cláudio Humberto
Coluna CH / 21 de maio

Assessores veem Pimenta rebaixado no governo

acessibilidade:
MP de Lula transformou Paulo Pimenta (foto) em uma espécie de governador biônico do Rio Grande do Sul (Foto: EBC)

Apesar da visibilidade que ganhou, ao ser designado para chefiar a Secretaria de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, ex-funcionários do ministro da Propaganda avaliam que, na prática, Lula (PT) queria mesmo afastar Paulo Pimenta de suas atribuições originais, em razão da incapacidade de divulgar ações do governo. O presidente fez o mesmo a Márcio França, rebaixado do Ministério de Portos e Aeroportos para o de Pequena Empresa, sem orçamento ou relevância.

Anota aí

O novo cargo do ministro trapalhão também não tem orçamento. Funciona quase como ouvidoria, só recebe e encaminha demandas.

Gatos pingados

Ao criar a secretaria para isolar Paulo Pimenta no Sul e retirá-lo da pasta da Propaganda, Lula só autorizou estrutura modesta, de dez cargos.

Quem manda

Mesmo com todo burburinho, quem manda mesmo no que vai ser feito e dos recursos a serem liberados é Rui Costa, ministro da Casa Civil.

Secom vira ativo

A nova pasta tem data para acabar, dois meses após o fim do Estado de calamidade, perto da eleição para as presidências da Câmara e Senado.

TCU permitiu o sigilo sobre uso dos aviões da FAB para 'altas autoridades'. (Foto: Tenente Enilson/FAB).

Farra: ministros usaram jatinhos da FAB 579 vezes

Regalia para ministros do Supremos Tribunal Federal (STF), ministros de Estado, comandantes das Forças, além de presidente dos Poderes, os jatos da Força Aérea Brasileira levantaram voo 579 vezes somente neste ano de 2024. O levantamento não inclui os passeios de Lula e Janja, cujos números são escondidos. Lideram o uso dos jatinhos o presidente da Câmara, Arthur Lira, 49 viagens, e o presidente do STF, ministro Luís Roberto Barroso, que voou por aí outras 45 vezes nas asas da FAB.

TCU esconde

O número de viagens deve diminuir: extrapolando, o TCU tornou sigilosas viagens de ministros do STF e de presidentes de poder.

Nada de economia

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, também não economiza na ponte aérea Brasília-São Paulo. Acionou a FAB 35 vezes este ano.

Adoram voar

Nem despacham com Lula, mas voam na FAB os ministros Simone Tebet (14 vezes), Waldez Góes (16) e Celso Sabino (13).

Poder sem Pudor

Marcação cerrada

Quando o presidente Jânio Quadros renunciou, o vice João Goulart visitava a China e os militares diziam não aceitar sua posse. Até democratas sinceros pediam a desistência de Jango. Já em Paris, na viagem de volta, ele recebeu um telefonema preocupado de Juscelino Kubitschek, advertindo que o País estava “à beira de uma guerra civil”. O senador Barros Carvalho, que acompanhava João Goulart, tomou o telefone e calou JK: “Não haverá renúncia. Eu não vou deixar. Agarro as mãos do presidente e não largo, mas ele não assina a renúncia!”

Melancia no pescoço

O petista Camilo Santana (Educação) desandou a dar entrevistas sobre assunto que não é da sua alçada: a volta às aulas no RS. Não é o MEC e sim o governo estadual e prefeituras que cuidam das escolas públicas.

Gaúcho é assim

Viralizaram a história e as imagens emocionantes da mobilização do pessoal da Indústria de Calçados Karyby, em Três Coroas (RS), para recuperar a empresa e do trabalho. Exemplo da bravura dos gaúchos.

Vai ter inquérito?

Na ânsia de bajular o governo Lula, noticiaram a fake news de que voo do jato presidencial levaria “900 toneladas” de alimentos ao Rio Grande do Sul. Mentira: a carga máxima do Airbus 319 da FAB é 75,5 toneladas.

Anatel aparelhada

Eduardo Girão (Novo-CE) acusa a Anatel de perseguição a rádios que não rezam na cartilha do PT, no Ceará. O senador denuncia a prática antidemocrática de uso do aparato estatal para calar vozes divergentes.

Frase do dia

“Criaram o ministério da Entrevista e o ministro do Microfone”

Senador Ciro Gomes (PI), presidente do PP, definindo o papel do ministro Paulo Pimenta

82 bilhões lembra Juca

Consultoria do Senado estima rombo R$82 bilhões com a eventual aprovação da PEC do Quinquênio que ressuscita os marajás no serviço público. Lembra a rima nos versos do saudoso Juca Chaves ironizando a compra de um porta-aviões de 82 milhões: “...mas que ladrões!”

Votos no lixo?

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma hoje (21) o julgamento que pode cassar o mandato do senador Sérgio Moro (União-PR). São quase 2 milhões de votos dos paranaenses que correm o risco de parar no lixo.

Não é só aqui

Presidente dos EUA, Joe Biden usou o “privilégio executivo” para decretar sigilo nas gravações do seu testemunho à Justiça no caso dos documentos secretos encontrados em sua garagem. A investigação determinou que a memória do americano é “significativamente limitada”.

Ajuda brazuca

Chegaram ao Brasil nesta segunda 3,5 toneladas de doações ao RS obtidas pela mobilização da comunidade brasileira em Miami (Estados Unidos). De São Paulo, a carga segue para o Sul.

Pensando bem...

...muitas vezes, adiar eleição pode gerar outra tragédia.

Reportar Erro