Mais Lidas

desvios milionários

PF investiga rombo no Postalis, fundo de pensão dos Correios

O prejuízo inicial, de acordo com a Polícia Federal, supera R$ 16 milhões

acessibilidade:
Sede da Policia Federal em Brasilia. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta sexta-feira (17), operação para investigar rombo milionário no fundo de pensões dos Correios, o Postalis. São cumpridos 19 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, São Paulo e Paraná.

Segundo as investigações, foram criados fundos de investimentos e ativos foram reprecificados com valores diferentes daqueles que deveriam ser reavaliados. Também foi verificado que empresas foram contratadas para administrar os fundos de investimentos desviavam valores para o pagamento de comissão.

Além das buscas, a Justiça também determinou o bloqueio de bens até o valor de R$16 milhões nas contas dos investigados.

Os suspeitos podem responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa, além de gestão fraudulenta de instituição financeira. As penas combinadas podem chegar a 42 anos de prisão.