Saúde frágil

Viagem de Lula à China é cancelada e versão oficial cita agora estado gripal

Adiamento será até o fim do 'ciclo de transmissão viral' da Influenza A

acessibilidade:
Aprovação de Lula cai seis pontos entre agosto e outubro (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil).

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a adiar neste sábado (25) sua visita presidencial à China, com base em nova recomendação do serviço médico da Presidência da República.

A versão oficial, nesta sexta (24), era a de que o presidente teria “pneumonia leve”, mas agora apareceu um médica que em nota, menciona apenas um estado gripal do chefe de governo.

Aos 77 anos de idade e saúde frágil, que sempre remete a preocupações com a retomada do câncer na garganta, Lula já foi submetido a exames médicos meia dúzia de vezes desde que tomou posse, em 1º de janeiro.

A viagem estava marcada para este domingo (25), mas Lula foi aconselhado a não embarcar até que se encerre o ciclo de transmissão do vírus da gripe Influenza A.

A notícia foi dada por meio de nota da médica Ana Helena Germoglio, divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Leia a nota na íntegra:

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu entrada no Hospital Sirio-Libanês – unidade Brasília, em 23/3/2023 com sintomas gripais. Após avaliação clínica, foi feito diagnóstico de broncopneumonia bacteriana e viral por influenza A, sendo iniciado tratamento. Após reavaliação no dia de hoje e, apesar da melhora clínica, o serviço médico da Presidência da República recomenda o adiamento da viagem para China até que se encerre o ciclo de transmissão viral.

Dra. Ana Helena Germoglio
Secretaria de imprensa da Presidência da República

Reportar Erro