Calamidade e prevenção

Câmara debaterá verbas para o RS reconstruir cidades e dragar rios

Audiências serão realizadas a pedido do deputado gaúcho Marcel Van Hattem, na comissão externa sobre a catástrofe

acessibilidade:
Bairro Navegantes totalmente devastado, no município gaúcho de Arroio do Meio (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Investimentos na dragagem de rios e o uso de recursos públicos enviados a fundo perdido para reconstruir municípios gaúchos devastados pela catástrofes das enchentes estarão na pauta da Câmara dos Deputados, nesta semana. Os temas serão debatidos em duas audiências públicas marcadas para terça (2) pela comissão externa que acompanha os danos causados pela catástrofe climática no Rio Grande do Sul.

Os debates sobre o envio de verbas para reconstrução das cidades gaúchas e as técnicas para evitar novas enchentes com desassoreamento e dragagem de rios no estado foram solicitados pelo deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS). E ocorrerão, respectivamente, às 10 horas, no plenário 8, e às 14h30, no plenário 3.

“Os recursos a fundo perdido representam uma importante ferramenta para que as prefeituras possam reconstruir infraestrutura, recuperar áreas urbanas e rurais, e apoiar as famílias e empresas afetadas pela calamidade”, explica o deputado, ao considerar fundamental debater a forma de liberação e os critérios de distribuição e fiscalização desses recursos.

Van Hattem considera as intervenções nos rios como fundamentais para aumentar a capacidade de vazão dos rios, prevenir enchentes e melhorar a gestão dos recursos hídricos na região.