Mais Lidas

Obituário

Elza Soares morre no mesmo dia e mês do falecimento de Garrincha

A artista morreu de causas naturais aos 91 anos de idade

acessibilidade:

A cantora e compositora Elza Soares morreu na tarde desta quinta-feira (20), aos 91 anos,por causas naturais, em sua casa no Rio de Janeiro.

Por coincidência, a morte da artista ocorreu no mesmo 20 de janeiro em que faleceu em 1983, há 39 anos, o jogador Mané Garrincha, para muito o maior jogador de futebol de todos os tempos e considerado o amor da sua vida.

O falecimento foi divulgado nas redes sociais de Elza. “É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais”.

Na nota, assinada por Pedro Loureiro, Vanessa Soares, familiares e Equipe Elza a mensagem de pesar. “A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”.

Elza é considerada como uma das maiores cantoras da música brasileira, com carreira no samba que começou na década de 60. E esse reconhecimento ultrapassa as barreiras nacionais, em 1999, ela foi eleita pela Rádio BBC de Londres como a cantora brasileira do milênio. A escolha teve origem no projeto The Millennium Concerts, da rádio inglesa, criado para comemorar a chegada do ano 2000. Outro destaque internacional foi a inclusão de seu nome na lista das 100 maiores vozes da música brasileira elaborada pela revista Rolling Stone Brasil.

A cantora construiu uma carreira eclética, nos 34 discos lançados, ela cantou samba, jazz, música eletrônica, hip hop, e  funk e dizia que a mistura foi proposital.

Nascida em 23 de junho de 1930 e criada na favela de Moça Bonita, no Rio de Janeiro.

O jogador foi o segundo marido da cantora, com quem foi casada por 17 anos. Elza conheceu Garrincha em 1962, e iniciaram um romance enquanto ele era casado. Após um ano juntos, ela pediu para que ele tomasse uma decisão: Ou assumiria ela, ou ela o abandonaria. Meses depois, ele veio procurá-la, afirmando ter saído de casa e desquitado-se da esposa. Começaram a namorar, mas sem revelar nada a imprensa, sabendo da repercussão negativa que teria. Quatro anos depois do namoro, em 1966, decidiram morar juntos. Poucos meses depois, oficializaram a união, quando passou a assinar Elza Gomes da Conceição dos Santos.

Durante entrevista, em 2018, no programa de Pedro Bial, a cantora citou o amado.“Eu sonho muito com o Mané. O maior amor da minha vida foi ele.”

Reportar Erro