Mais Lidas

Aluguel milionário

Câmara de Maceió inaugura sede alugada por R$ 3 milhões, sem licitação

Homenagem a vereador assassinado marca abertura de novo espaço com custo mensal de R$ 55 mil

acessibilidade:
Vereadores inauguram nova sede do Legislativo de Maceió. Foto: Ascom Câmara de Maceió

Com discursos emocionados, vereadores inauguraram ontem (13) a nova sede da Câmara Municipal de Maceió (AL), alugada a um custo total de R$ 3 milhões, em cinco anos de um contrato firmado com dispensa de licitação. O espaço alugado a R$ 55 mil mensais tem 4 mil m², 50 salas, dois plenários, sala de eventos e galeria em que cidadãos acompanham a sessão por aparelhos de televisão, no bairro histórico de Jaraguá.

A solenidade foi prestigiada pelo prefeito Rui Palmeira (PSDB), líderes comunitários e populares. Ocasião em que o presidente do Legislativo municipal, Kelmann Vieira (PSDB), se emocionou ao inaugurar um dos plenários que recebeu o nome do vereador assassinado a facadas em setembro, Silvânio Barbosa (MDB). Solenidade que contou com as bênção do padre Adalto e a presença das irmãs de Silvânio, Érica e Micaele Barbosa.

Ao exaltar que a nova sede é um divisor de águas, quase dois anos depois de ser alertado pela Defesa Civil sobre os riscos da estrutura da antiga sede do Centro, usada por mais de 60 anos, o presidente Kelmann disse que a mudança representa uma política de cuidado com bem público, aplicando cada centavo dos cidadãos de forma responsável e transparente. E emocionou-se ao lembrar da ausência de Silvânio Barbosa.

“Ele faz muita falta, era um amigo de todos. Apesar de às vezes ter um jeito de quem queria briga, quem convivia com ele sabia que ele possuía um grande coração. Sempre que chegávamos para as sessões ordinárias, ele se colocava à disposição para fazer a leitura da ata, secretariar os trabalhos. Hoje, o homenageamos dando a um dos Plenários o nome dele. Obviamente não gostaríamos de ter que fazer essa homenagem, mas aquele rapaz tirou a vida do vereador de forma bárbara. Emociono-me porque ele faz muita falta. Apesar disso, hoje também é um dia de alegria porque entregamos a Maceió a sede do Legislativo com todos o conforto e condições para que os vereadores possam trabalhar ainda mais pelo povo da capital”, disse Kelmann Vieira ao agradecer pela compreensão dos colegas de plenário a respeito da saída da situação de insegurança para trabalhar com conforto.

O prefeito Rui Palmeira elogiou o esforço de Kelman Vieira e de sua Mesa Diretora para mudar de prédio e avaliou que valeu à pena a transferência do Legislativo Municipal. “Estou extremamente feliz por ver esse novo espaço muito bem cuidado e com todo conforto para os parlamentares, funcionários e população em geral. Maceió precisava de um local para o Legislativo com essa qualidade que estamos vendo. O presidente Kelmann Vieira está de parabéns, assim como todos os demais vereadores”, destacou o prefeito tucano, ao expressar seu contentamento com a homenagem a Silvânio Barbosa.

Ao contrário do velho prédio do Centro, que não abrigava nenhum gabinete parlamentar, a futura sede da Rua Sá e Albuquerque deve acolher de 11 a 15 vereadores com gabinetes. O que deve minimizar os custos com prédios alugados por vereadores para servir de gabinetes espalhados pelos bairros de Maceió.

A nova sede da Câmara foi alugada à empresa Aliança Administração e Participações LTDA, que tem como um dos sócios-administradores o presidente da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool de Alagoas, José Ribeiro Toledo Filho, irmão do conselheiro de Contas Fernando Toledo e tio do deputado estadual Bruno Toledo (PROS-AL).

A dispensa de licitação foi justificada pela dificuldade de encontrar espaço adequado para abrigar toda a estrutura do Legislativo. E o prédio ainda passou por obras de adequação, durante quase todo o ano de 2018.

Sede da Câmara de Maceió. Foto: Ascom CMM

Despedidas

Três vereadores que se elegeram deputados se despediram da Casa de Mário Guimarães, na ocasião: Dudu Ronalsa (PSDB) e Sílvio Camelo (PV), eleitos para a Assembleia Legislativa, e Tereza Nelma (PSDB) eleita deputada federal.

“Quero agradecer a todos os meus companheiros e Câmara nesses anos que estive como vereador por Maceió. Foi um aprendizado que levo para toda minha vida. Despeço-me na alegria de poder viver nova experiência agora na ALE, mas com a tristeza de deixar verdadeiros amigos que fiz aqui na Casa, e a emoção eu não tenho como segurar nesse instante. Quero abraçar cada um de vocês, assim como todos os funcionários desta Casa e dizer até logo”, destacou Ronalsa.

“Esse é um momento de fim de ciclo na minha vida política, e início de novo tempo, agora como deputada federal. Mas aqui, como vereadora, procurei utilizar meu mandato para ajudar a população de Maceió, sobretudo grupos de minorias como LGBTs, nesse particular, inclusive, enche-me de orgulho ter sido a única vereadora no Brasil a ter apresentado mais leis para esse público. Tive 161 leis aprovadas e conseguiu também criar 15 comendas. Todas essas leis foram aprovadas com a consciência de que eram e são benéficas para a população. Deixo o mandato com a consciência do dever cumprido”, disse Tereza Nelma.

Uma sessão extraordinária foi marcada para a próxima quinta-feira (20), para apreciar matérias como a aprovação da Lei Orçamentária Anual de Maceió para 2019. “A Câmara entra em recesso no dia 15 deste mês, mas nós parlamentares estamos em sessão permanente até a aprovação da LOA, o que deve acontecer na próxima semana”, esclareceu Kelmann Vieira.