Mais Lidas

Vexame

Vídeo: Maria do Rosário e Odebrecht começaram 'relação' em 2008

Deputada petista foi delatada por ex-executivo. Veja o vídeo.

acessibilidade:

O ex-executivo da Odebrecht Alexandrino Alencar revelou em delação ter iniciado um relacionamento mais próximo com a deputada Maria do Rosário (PT-RS) em 2008. Segundo ele, era sua responsabilidade se aproximar de políticos para garantir o crescimento da empreiteira, e Maria do Rosário – que seria ministra do governo Dilma – teria sido uma de suas "apostas".

Alencar disse que foi procurado para ajudar na campanha à reeleição de 2010 e como havia identificado potencial na deputada, foi acordado repasse de R$ 150 mil, via caixa 2. No depoimento, o ex-executivo explica que o caixa 2 era a única opção, pois já haviam esgotado o limite legal de doações, e a deputada não se opôs ao recebimento de recursos ilegalmente.

Ele revelou que o codinome de Rosário era "Solução" e identificou os dois pagamentos, um de R$ 100 mil e outro de R$ 50 mil, confirmando os repasses à petista. Confira abaixo o vídeo onde o ex-executivo explica o relacionamento com a deputada gaúcha.