Mais Lidas

Irregularidades

Vereadores cassam mandato do prefeito de Campo Grande

Alcides Bernal é acusado de irregularidades em contratos de emergência

acessibilidade:

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), foi cassado na noite de ontem (12) após julgamento de 10 horas na Câmara Municipal. Com 23 votos favoráveis e 6 contrários, os vereadores decidiram pela perda do mandato de Bernal. O prefeito foi condenado em nove denúncias, acusado de irregularidades em contratos de emergência. Quem assume o Executivo da cidade é o vice-prefeito Gilmar Olarte (PP).

Bernal deixou a Câmara antes do resultado final. ?É um golpe político e criminoso. Cooptaram vereadores, oferecendo vantagens ilícitas. Nós vamos recorrer à Justiça?, afirmou o político.

No plenário, o discurso dos vereadores foi acompanhado de vaias e aplausos. Líder do prefeito na Câmara, Alex do PT defendeu Bernal. Pediu aos parlamentares para ouvir a voz do povo. “Nós sabemos que essas denúncias não são verdadeiras, não se sustentam para cassar o mandato.”

O discurso dos vereadores foi finalizado por Paulo Siufi (PMDB) que aproveitou o momento para atacar o prefeito, ?venceu as eleições, mas não é Deus para mandar em tudo. Quer dizer que quem foi prefeito pela primeira vez tudo pode? Não pode. Não pode?.