Mais Lidas

Pena máxima

Venezuela deve ser suspensa do Mercosul por ruptura democrática

Protocolo de Ushuaia determina suspensão do país que descumprir regras do grupo

acessibilidade:

A Venezuela poderá ser suspensa do Mercosul após reunião marcada para este sábado (5). Convocado pela Presidência, o encontro de chanceleres discutirá a punição máxima pela ruptura da democracia ocorrida no governo de Nicolás Maduro.

A suspensão está prevista no Protocolo de Ushuaia, que determina o compromisso dos país com os princípios democráticos da população. Para a suspensão, o Mercosul precisa do apoio dos quatro países: Argentina, Paraguai, Uruguai e Brasil, atual presidente do bloco.

O processo de aplicação do Protocolo está sendo discutido desde abril deste ano, quando o grupo se reuniu na Argentina. O encontro deste sábado, em São Paulo, deve concluir o parecer.

Como parte das etapas previstas, o Mercosul chegou a convidou Maduro para uma conversa com a oposição no Brasil, no entanto o presidente o rejeitou. A suspensão deve aumentar a pressão política sobre Maduro, já bastante elevada desde a eleição da Assembléia Constituinte.