Mais Lidas

Um terrorista a menos

Tsarnaev é condenado à morte por atentado na maratona de Boston em 2013

Júri federal americano condenou Tsarnaev em todas as acusações

acessibilidade:

Dzhokar Tsarnaev, 21, um dos responsáveis pelo atentado à maratona de Boston em 2013, foi condenado à pena de morte por um júri federal nesta sexta (15). Apesar de o estado de Massachusets não admitir esse tipo de sentença, Tsarnaev foi julgado por um crime federal e é o primeiro terrorista condenado à morte após o 11 de setembro.

O júri, composto por sete mulheres e cinco homens, precisava chegar a um consenso nesse caso e levou mais de 14 horas de discussão para chegar ao veredicto. Tsarnaev foi considerado culpado em todas as 30 acusações, 17 delas o levariam à pena de morte.

Dhzokar e seu irmão, Tamerlan, explodiram pelo menos duas bombas de fabricação caseira próximo à linha de chegada da corrida de rua levando à morte de três pessoas e ferindo mais de uma centena. Tamerlan foi morto durante a perseguição policial e chegou a ser apontado como o grande mentor do ato para tentar livrar o irmão mais novo da morte.

A última execução no Estado de Massachusetts foi em 1947. A maioria da população se opõe a Pena de Morte, que foi abolida de sua legislação em 1984. Tsarnaev foi condenado por um júri federal, mas cabe recurso.