Tempos de chumbo

acessibilidade:

Tempos de chumboOs anos 1950 marcaram com sangue a política em Alagoas, onde uma eleição podia ser definida no voto ou na bala. Irmão do poderoso general Góes Monteiro, ministro da Guerra, o governador Silvestre Péricles chegou a ser acusado de mandar impedir um comício da UDN em Mata Grande, a 300 km de Maceió. Alguém lembrou que o senador Ismar Góes Monteiro, irmão dele, estaria no palanque. Reza a lenda na política alagoana, decantada por seus aliados, que ele teria ordenado:

– No meu irmão atire na bunda!.

Pelo sim, pelo não, nesse comício foram assassinados o deputado Moacir Peixoto, que o promoveu, e os filhos Urbano e Sônia.