Após condenação

Senado italiano cassa mandato do ex-premier Berlusconi

Ex-primeiro-ministro foi condenado a quatro anos de prisão por fraude fiscal no processo Mediaset

acessibilidade:

O mandato de senador do ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi foi cassado nesta quarta-feira (27) e, agora, ele será substituído por Ulisse Di Giacomo, primeiro suplente eleito em Molise pelo Partido da Liberdade (PDL). Berlusconi foi condenado a quatro anos de prisão por fraude fiscal no processo Mediaset. Em seu discurso de momentos antes da votação, o ex-primeiro-ministro declarou que este era “um dia amargo e de luto para a democracia”. Ele chegou clamar ?vingança diante de Deus?. “O Senado, ou melhor, não todo o Senado, mas os nossos aliados de governo, se precipitaram nessa sentença para pedir a minha cassação”, afirmou.

O pedido de cassação de Berlusconi no Senado foi aberto após o ex-primeiro-ministro ser condenado por fraude fiscal na compra e venda de direitos televisivos no processo conhecido como “Mediaset”. No início da semana, Berlusconi anunciou que pedirá a revisão do processo, pois possui sete novas testemunhas que, segundo ele, jamais foram ouvidas pela Justiça italiana.

A cassação do mandato de Berlusconi é um marco na vida política do ex-premier, que tem perdido amparo político desde sua condenação.