Sabatina

Senado: CCJ aprova Barroso para STF

acessibilidade:

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (5) a sabatina de Luís Roberto Barroso para o Supremo Tribunal Federal. As perguntas ao advogado duraram cerca de oito horas e Barroso foi aprovado por 26 votos favoráveis e 1 contrário.

Agora, a indicação dele seguirá para votação no plenário da Casa, em regime de urgência. Luís Roberto Barroso é natural de Vassouras (RJ) e se formou na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Ele advoga desde 1981 e é especialista em direito constitucional.