Vai ou fica?

Romário anuncia daqui a pouco que permanece no PSB

Deputado deve comandar o diretório regional do PSB no Rio de Janeiro

acessibilidade:

Atualizado às 18h49 – Era esperada para esta quinta-feira (26) a volta do deputado Romário (RJ) para o PSB, legenda do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Eles conversaram nesta tarde e negociaram a permanência da ex-estrela da Seleção na sigla, que ele deixou no dia 9 de agosto por “falta de espaço” em seu estado. Porém, Romário veio à público para dizer que não havia nada confirmado.

Segundo rumores, a permanência de Romário foi negociada um dia depois de a Executiva Nacional do PSB destituir o presidente estadual do Rio, Alexandre Cardoso, e iniciar um processo no Conselho de Ética da legenda que pode culminar na expulsão do dirigente. Com a saída do político da legenda, Romário seria anunciado o novo presidente do diretório do Rio.

Eduardo Campos considerou como ?absurdo? a conduta de Alexandre Cardoso que estaria encaminhando para o PMDB pessoas interessadas em se filiar no partido socialista. ?Está havendo um trabalho de dirigentes do nosso partido em favor a outro partido. O que é um absurdo do ponto de vista estatutário. Trabalho de filiação de deputados federais estavam sendo indicados para filiação de outros partidos em um trabalho de esvaziamento da nossa legenda?, disse Campos após reunião da Executiva de ontem.

Romário prometeu explicar a situação em uma coletiva de imprensa marcada para hoje (26), às 19h, na sede nacional do PSB em Brasília. A expectativa é de que ele anuncie seu retorno ao partido e também que vai comandar o diretório regional do PSB no Rio de Janeiro.