Mensaleiro quebrado

Jefferson diz "não ter de onde tirar" para pagar multa do STF

O STF condenou o delator a devolver R$ 720 mil aos cofres públicos

acessibilidade:

O ex-deputado Roberto Jefferson, o delator do mensalão, declarou à imprensa que não sabe “de onde tirar” os R$ 720 mil que precisa para pagar a multa estipulada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). “Isso aí é coisa para pensar. Não tenho e não tenho de onde tirar”, declarou.

Ele disse ainda que torce para que o ex-ministro José Dirceu consiga autorização para trabalhar no hotel em que conseguiu emprego. . “Tomara que ele possa sair do presídio para trabalhar”, disse.

O mandado de prisão de Jefferson pode ser expedido a qualquer momento, já que seu último recurso possível foi rejeitado pela Corte no dia 13 de novembro. O delator do esquema foi condenado a sete anos e 14 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.