Mais Lidas

Novo partido

Renan ataca criação do PL patrocinada pelo Planalto

Ele acusa o Planalto de patrocinar a criação do Partido Liberal

acessibilidade:

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), atribuiu ao Palácio do Planalto a manobra que possibilita a criação do Partido Liberal (PL), do ministro Gilberto Kassab (Cidades), considerando-a a "pior invenção da articulação política do governo Dilma Rousseff. Essa trabalhada, que só contribuiu oara piorar as relações do governo Dilma Rousseff com o Congresso teria sido obra do ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil)

Renan parece tão inconformado quanto o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB): "Como pode sob o Ministério da Educação, sob o Ministério das Cidades, criar-se um novo partido com patrocínio do governo depois de uma lei clara proibindo a fusão, aprovada no Congresso Nacional? Essa do ponto de vista político é insuperável, realmente".

O ex-ministro Cid Gomes (Educação) também estaria por trás dessa articulação, segundo acredita o PMDB. "Como pode o governo patrocinar uma coisa que objetiva diminuir o tamanho de um aliado?", indaga Renan, para concluir que esse episódio "é um péssimo exemplo da reforma política que nós vamos ter".

Ele afirmou ainda que "uma coisa é criar um partido na forma da lei. Outra forma é criar um partido sob o Ministério das Cidades, sob o Ministério da Educação. Isso distorce o quadro partidário", e defende o fim da farra da criação de novos partidos.

Vídeos Relacionados