Mais Lidas

Saúde

Programa Mais Médicos ganha ajuda dos universitários

Alunos da Universidade de Brasília enviaram uma carta à Dilma

acessibilidade:

Dilma Rousseff / Fabio Rodrigues Pozzebom - ABr

O defendido programa Mais Médicos da presidente Dilma Rousseff ganhou ajuda dos universitários. Os estudantes de medicina da Universidade de Brasília se reuniram nos últimos dias para discutir os impactos da Medida Provisória 621/2013 e resolveram sugerir ?aperfeiçoamentos? em dez pontos da MP. Eles elaboraram uma carta com sete página e encaminharam a órgãos do governo.

Um dos pontos em discórdia é o aumento do tempo de duração do curso de Medicina, que passaria de seis para oito anos, sendo os últimos dois voltados para o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Outro é  a contratação de médicos para regiões carentes e do interior do país. ?A gente não negou a medida, mas enumerou uma série de deficiências identificadas na proposta do governo?, explica o estudante Danilo, em entrevista à Agência UnB.

Confira aqui a ajuda dos universitários da UnB à MP.