Mais Lidas

FLAGRADO EM VÍDEO

Prefeito foi preso na véspera de Natal por pagar mensalinho, em Alagoas

Justiça também prendeu dois vereadores devido a propina

acessibilidade:

Filmado pagando “mensalinho” a vereadores, o prefeito de Mata Grande, Erivaldo de Melo Lima, o Erivaldo Mandú (PP), foi preso em plena véspera de Natal, no último domingo (24), por determinação do desembargador Celyrio Adamastor, que estava no plantão do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). O vereador Joseval Antônio da Costa também foi preso.

O pedido de prisão contra o prefeito foi requerido pelo procurador-geral de justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, devido ao foro por prerrogativa de função. Quatro dias antes, o gabinete do chefe do Ministério Público Estadual de Alagoas (MP/AL) iniciou investigações, após receber informações de que o prefeito estaria pagando propina mensal de R$ 7 mil para quatro vereadores, em troca da aprovação dos projetos de interesse do Excutivo.

Um vídeo mostra a negociação que envolve os quatro vereadores. Porém, apenas dois aparecem identificados nas imagens, ainda não divulgadas pelo MP de Alagoas.

Com a prova em mãos, o MP de Alagoas também pediu as prisões dos vereadores Joseval Antônio da Costa (PP) e Teomar Brandão (PP). Mas até o domingo somente Joseval havia sido localizado. E uma vereadora, Diana Gomes Brandão Malta, também teve a prisão requerida, mas o pedido foi negado pelo Judiciário.

De acordo com o procurador-geral, Alfredo Gaspar, a apuração continua e os acusados serão ouvidos pelo Ministério Público. (Com informações da Assessoria de Comunicação do MP/AL)