Mais Lidas

Guerra ao terror

Polícia alemã procura sírio suspeito de preparar atentado terrorista

Agentes caçam o suspeito Jaber Albakr, de 22 anos de idade

acessibilidade:

A polícia alemã evacuou este sábado um edifício residencial na cidade alemã de Chemnitz, na região da Saxônia, para tentar deter em casa um indivíduo – Jaber Albakr, de 22 anos – de posse de "material altamente explosivo", que estaria a planejar um ataque com explosivos. A policia pediu inclusive que os moradores da área não saíssem de casa.

Albakr nasceu em Damasco, na Síria. As autoridades usaram as redes sociais para pedir ajuda de todos que considerem ter informações relevantes sobre o suspeito, que continua foragido. Três pessoas foram detidas, dois nas proximidades da estação central de Chemnitz e o terceiro no centro da cidade.

As autoridades forçaram a entrada num dos apartamentos do edifício em que pensavam que se encontraria o sírio. Forças especiais e de elite da polícia alemã estão envolvidas nesta operação: centenas de agentes tentam localizar o suspeito.

Um porta-voz das autoridades, Tom Bernhardt, disse apenas que a operação foi desencadeada a partir de uma informação recolhida pelos serviços secretos alemães, mas são conhecidos poucos detalhes do alegado plano do suspeito para levar a cabo um atentado.

No apartamento do suspeito foram encontrados vestígios de explosivos, pelo que houve necessidade de evacuar outros edifícios por prevenção.

No Twitter, a polícia colocou a imagem do buraco aberto na terra para serem colocados os explosivos para destruir.

Foi totalmente evacuado pelo menos um bloco de apartamentos na parte Sul de Chemnitz, construída na época do regime comunista e que terá cerca de 90 mil moradores.

A região da Saxônia foi cenário, nos últimos meses, de vários incidentes xenófobos, incluindo vários ataques contra centros de refugiados.