Mais Lidas

Portugal

Polícia adverte usuários sobre venda de folha de louro como se fosse droga

Cartaz parece avisar viciados a não comprarem gato por lebre

acessibilidade:

O cartaz inacreditável.A Polícia de Segurança Pública de Portugal (PSP) começou a distribuição de cartaz avisando os dependentes de um novo golpe de traficantes: a venda de folha de louro, ingrediente aromático utilizado nas cozinhas, como se fosse droga.

O cartaz, em inglês e português, adverte que "Louro ≠ droga" (≠ tem o significado de "diferente" ou "não é igual a"), como se pretendesse avisar os viciados a não comprar "gato por lebre" ou "louro por droga".

Na peça publicitária, a PSP usou fotos dos produtos em vez das palavras louro e drogas. Mais abaixo, o alerta em letras garrafais: "Atenção – venda de louro – fazendo-o passar por drogas".

Folha de louro, muito aromática, é usada como tempero para carne, feijão, caldos, ensopados e sopas.

Na parte de baixo do cartaz, a polícia avisa, nos dois idiomas, que "em Portugal, o consumo de droga não é crime, mas a compra e posse de droga é ilegal e terá consequências que podem chegar a pena de prisão". A peça publicitária é assinada pela PSPe a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.