contaminação

Petrobras atua na contenção de mancha no Lago Paranoá

Com barreiras, petroleiros tentam impedir que mancha se esparrame

acessibilidade:

A mancha de óleo que se espalha no Lago Paraná, em Brasília, desde ontem (16) começa a ser contida por técnicos da Petrobras, que montaram barreiras de contenção na saída da galeria de águas pluviais. Mais cedo, o Corpo de Bombeiros havia colocado três barreiras de 15 metros cada uma na região onde o líquido ainda não identificado contaminava o lago.

Ainda é uma incógnita a substância que suja as águas límpidas do lago. A Companhia de Saneamento e Esgoto de Brasília, (Caesb) recolheu amostras do produto para tentar identificá-lo. Os Bombeiros trabalham com a possibilidade de ser resíduos da massa asfáltica que cobre Brasília ou algum derramamento de combustível na água. Todos os órgãos voltados para o tratamento da água e de proteção do Meio Ambiente atuam na descoberta da mancha.