Mais Lidas

Levantamento

Partidos políticos têm baixa audiência de visitantes em sites na internet

Se a distribuição do fundo partidário dependesse da audiência, eles passariam dificuldades

acessibilidade:

De acordo com o Sistema Analítico BITES, os 35 partidos políticos brasileiros recebem meros 696.570 visitantes por mês. Este é o equivalente a 10% da audiência do site do Palácio do Planalto. No total, 82 milhões de pessoas têm acesso à internet, equivalente a 57% do eleitorado.

Se a distribuição do fundo partidário dependesse da audiência de seus sites, as legendas passariam por grandes dificuldades.

Segundo informação do portal BITES Economia Digital, cada partido recebe uma média de 20 mil visitantes por mês em suas páginas na internet. A liderança fica com o PT, com 192.030. Outras 15 legendas, como o Democratas, estão abaixo dos 5 mil visitantes.

O PT lidera com 28% dos acessos, seguido pelo PSTU, com 9%, PSDB, com 8%, e PCB, com 7%. O levantamento aponta grandes partidos com baixa adesão, como o PMDB, na sétima colocação, e o Democratas, na 21ª.

Caso os recursos do Tribunal Superior Eleitoral, pelo fundo partidário, fosse distribuídos de acordo com a audiência mensal, o PSD ganharia, por exemplo, R$ 6.139. Já o PR ficaria com R$ 5.805, o PP, com R$ 5.263, e o Democratas, meros R$ 3.793.

Em outra análise, o PT registra a maior taxa de lembrança entre os visitantes, quando o acesso ao site ocorre ao digitar o endereço completo no navegador ou já está salvo no histórico.  Do total do tráfego petista, 26% vem dessa maneira. No PMDB, a taxa é de 23%, no PSDB chega a 15% e no Democratas está em 9,6%. 

Quando se analisa a origem da audiência a partir de redes sociais, o petistas lideram com 29%, seguidos do PSDB com 19%, do PMDB com 5% e Democratas na casa de 1,5%.

Nesse campo, o PT e os tucanos têm uma amplitude digital maior que os peemedebistas e democratas, talvez em razão da composição dos seus filiados.